Para quando eu quiser escrever. Devaneios, verdades inventadas, escape... Qualquer faceta cabe aqui, inclusive a de ser mais um em busca de encontrar respostas para compreender a si mesmo.

sábado, 5 de maio de 2012

Poeminha


Bom dia flor do campo
É verdade o que dizem de você?

Abandonei tudo o que fazia
Preocupado aqui estou, vim lhe ver!

Emudecestes para sempre amada minha?
O que mais preciso é saber porquê...

Senti falta dos rabiscos que me escrevia.
Quando o carteiro via, ia correndo receber!

Hoje, sem encomenda alguma
Anseio em seus olhos, resposta qualquer obter.

3 comentários:

  1. adorei sua postagem quer continue sempre dedicando suas lindas
    mensagens para todos quer acredita sempre em você.......

    ResponderExcluir