Para quando eu quiser escrever. Devaneios, verdades inventadas, escape... Qualquer faceta cabe aqui, inclusive a de ser mais um em busca de encontrar respostas para compreender a si mesmo.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Sensações inesquecíveis


Primeiro beijo
Descompasso
Vontade de treinar

Viajar sem destino
Encontrar um lugar
Querer voltar pra lá

Amor verdadeiro
Que o tempo leva
Põe outro no lugar

Queda de bicicleta
Curativo imediato
Volto a praticar

Trilha da cachoeira
Água gelada
Quero me molhar

Aula inaugural
Novas metas
Planos a traçar

Blog porta treco
Descobertas
Rascunhos a compartilhar.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante do seguimento que você usou, alguns se encaixam com condições que sempre ficam na lembrança e que é bom reviver "lembramente". Abraços

    ResponderExcluir
  3. Realmente, me renovo a cada nova leitura que faço aqui, adorei o texto. Sensações que não parecem grande coisa, mas que fazem parte da gente.

    Me identifiquei com a segunda sensação sou daqueles que ao conhecer um lugar novo, sempre quero voltar para lá. Como é o caso de Minas Gerais e suas cidades históricas.

    Bem irônico a do amor "verdadeiro", se fosse realmente verdadeiro, não iria aparecer outro no lugar.

    Ótimo texto.

    ResponderExcluir
  4. ótimo texto,concordo um puco com a terceira sensação pois Os ventos que as vezes tiram
    algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar.. Por isso
    não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim,

    aprender a amar o que nos foi
    dado. Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre.

    ResponderExcluir